Destaque

Com time misto, São Paulo vence o Bahia com gol nos acréscimos e sobe na tabela do Brasileiro

O São Paulo venceu o Bahia por 1 a 0 no Morumbi, na noite deste sábado (10), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro e subiu para a 14ª colocação, com onze pontos conquistados. Já o Bahia segue na 6ª posição, com 17 pontos.

Agora, o São Paulo vira a chave para a disputa das oitavas de final da Libertadores. O Tricolor pega o Racing-ARG, na terça-feira (13), às 21h30, no Morumbi. Enquanto o Bahia joga somente no domingo (18), às 18h15, contra o Flamengo, em casa, pelo Campeonato Brasileiro.

SÃO PAULO COMEÇA COM A BOLA, MAS BAHIA QUASE MARCA
A partida iniciou com o São Paulo em cima do Bahia, tendo mais a posse de bola, mas sem conseguir assustar a meta do goleiro Matheus Teixeira. A equipe do técnico Hernán Crespo pecava no último passe, o que dificultava a construção das jogadas.

Sendo assim, a primeira chance foi do Bahia aos 12 minutos. Gilberto recebeu, tirou do goleiro Thiago Volpi, e tocou para Patrick de Lucca, que finalizou de dentro da área, mas o zagueiro Diego Costa tirou em cima da linha. Logo depois, Thaciano bateu de dentro da área, e Volpi defendeu em dois tempos.

JOGO ESFRIA NO MORUMBI
Os minutos seguiram e o São Paulo continuava a não levar perigo ao gol do Bahia. A equipe até chegava bem na entrada da área, mas não arriscava para o gol e errava muitos passes no campo ofensivo. Vitor Bueno e Reinaldo até tentaram arriscar, mas o o chute do atacante explodiu na zaga, enquanto o lateral-esquerdo chutou para fora.

Já o Bahia tentava chegar no contra-ataque, apostando na velocidade pelas pontas com Rossi e nas tabelas pelo meio, usando a dupla Rodriguinho e Thaciano.

BAHIA ACERTA A TRAVE DO SÃO PAULO ANTES DO INTERVALO
E foi justamente Thaciano que quase marcou para o Tricolor de Aço. Aos 41 minutos, o meia recebeu fora da área, dominou, se livrou da marcação e soltou uma bomba de pé direito. A bola explodiu no travessão do goleiro Thiago Volpi.

Fim de primeiro tempo ‘morno’ no Morumbi.

SEGUNDO TEMPO INICIA COM SÃO PAULO EM CIMA
Na volta após o intervalo, a equipe do São Paulo voltou com o mesmo time, mas com outra postura. Com dois minutos, Sara recebeu na área, finalizou e ficou reclamando de pênalti por possível toque de mão de Matheus Bahia. O juiz Marcelo de Henrique mandou seguir, assim como o VAR.

Na sequência, aos quatro minutos, o São Paulo fez ótima jogada com Gabriel Sara, Vitor Bueno e Igor Vinícius. O lateral cruzou, mas nem Talles e nem Pablo conseguiram tocar na bola cruzada.

SÃO PAULO CONTINUA NA PRESSÃO
​O jogo passava e o São Paulo tentava marcar. Com 12 minutos, Igor Vinícius fez boa jogada pela direita, avançou e, após ultrapassagem, cruzou. A bola saiu forte e Matheus fez boa defesa, evitando o gol são-paulino. Um minuto depois, Pablo recebeu de Lizieiro, fez o pivô e tocou para Sara, que arriscou de canhota, de primeira e mandou para fora.

GALEANO PERDE CHANCE INACREDITÁVEL
O jogo continuava sem grandes emoções, muito disputado no meio-campo. Mas, aos 35 minutos, o São Paulo quase marcou. Após bate-rebate na área, Galeano ficou com a sobra cara a cara com o goleiro Matheus Teixeira. No entanto, o paraguaio bateu em cima do arqueiro baiano.

LIZIERO ABRE O PLACAR NOS ACRÉSCIMOS
Quando tudo parecia perdido, o São Paulo conseguiu o gol aos 46 minutos do segundo tempo. Marquinhos fez boa jogada pela direita e tocou para Reinaldo, que cruzou na cabeça de Liziero, no meio da área. O volante cabeceou, sem chances para Matheus Teixeira.


Fim de jogo e vitória do São Paulo no Morumbi.

SÃO PAULO 1 X 0 BAHIA
Local: Estádio do Morumbi
Data e horário: 10 de julho de 2021, às 19h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS), Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) e Thiago Duarte Peixoto (SP)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões amarelos: Jonas (BAH)
Cartões vermelhos:
Gols: Liziero (46’2ºT) (1-0)

SÃO PAULO
Volpi; Diego Costa, Arboleda e Léo; Igor Vinícius (Benítez, aos 24’/2ºT), Liziero, Talles (Igor Gomes, aos 32’/2ºT), Gabriel Sara e Reinaldo; Vitor Bueno (Marquinhos, aos 32’/2ºT) e Pablo (Galeano, aos 14’/1ºT). Técnico: Hernán Crespo

BAHIA
Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Luiz Otávio, Ligger e Matheus Bahia; Thaciano (Maycon Douglas, aos 38’/2ºT), Jonas e Patrick de Lucca (Matheus Galdezani, aos 25’/2ºT); Rodriguinho (Thonny Anderson, aos 25’/2ºT), Rossi (Óscar Ruíz, aos 38’/2ºT) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 13 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque

Mais em Destaque

São Paulo vence o Sport por 1 a 0 na Ilha do Retiro

saopauloadmin23 de agosto de 2021

Na raça e nos acréscimos, São Paulo vence o Grêmio no Morumbi

saopauloadmin15 de agosto de 2021

Tricolor vence o Vasco no duelo de ida das oitavas de final

saopauloadmin29 de julho de 2021

Na Argentina, Tricolor elimina o Racing e avança na Conmebol Libertadores

saopauloadmin21 de julho de 2021

Com golaços de Rigoni e Igor Gomes, Tricolor vence o Internacional

saopauloadmin8 de julho de 2021

SPFC aguarda ‘sinal verde’ de Calleri para avançar em negociação

saopauloadmin6 de julho de 2021

Fora de casa, São Paulo perde para o Santos por 2 a 0

saopauloadmin20 de junho de 2021

No Morumbi, São Paulo empate com a Chape pelo Brasileirão

saopauloadmin16 de junho de 2021

No Mineirão, São Paulo é derrotado pelo Atlético-MG no Brasileirão

saopauloadmin13 de junho de 2021