Destaque

Campeonato Paulista vira teste para pré-Libertadores no São Paulo

O São Paulo não conquista o Campeonato Paulista desde 2005, seu maior jejum de títulos estaduais na história. Mas nem por isso a edição atual será tratada de forma diferente. Na verdade, tudo neste primeiro semestre no clube gira em torno de outra competição, a Libertadores, que os comandados de André Jardine disputarão a partir da fase prévia. Até lá, o Paulistão servirá de laboratório.

[bn1][/bn1]

No dia 6 de fevereiro, o São Paulo visita o Talleres, na Argentina, em seu primeiro duelo eliminatório rumo à fase de grupos do torneio continental. A partida de volta está marcada para o dia 13, no Morumbi. Se passar, o time brasileiro terá outro mata-mata pela frente. Ou seja, pelo menos até o início de março, quando o Paulista já estará em sua nona rodada (a três do encerramento da primeira fase), as atenções tricolores estarão divididas, com atenção obviamente maior para a Libertadores.

André Jardine e Hernanes

Jardine comanda treino ao lado de Hernanes. Foto: Rubens Chiri/ São Paulo
“O recado que posso passar para o nosso torcedor é que a partir do próximo jogo a gente vai estar pensando igualzinho a eles: a gente precisa vencer todos os jogos. A gente vai entrar com energia total a partir do primeiro jogo do Paulistão”, prometeu Jardine, logo após a participação na Florida Cup.

Fato é que há um processo de transição em curso no elenco em relação à temporada passada. Muitas caras novas chegaram, sendo ao menos três com status de titular: Tiago Volpi, Hernanes e Pablo. Além de implicar em adaptação de quem chega, isso significa deixar gente importante em 2018 de fora, como aconteceu com Nenê e Diego Souza, reservas durante as duas partidas amistosas que o São Paulo disputou nos Estados Unidos, contra Eintracht Frankfurt-ALE e Ajax-HOL.

Até ajustar essa nova equipe, Jardine precisará de dois artigos raros no Morumbi nos últimos anos: tempo e paciência da torcida. Desde a saída de Muricy Ramalho do cargo, em abril de 2015, nenhum treinador chegou a 50 jogos no comando do time. O acúmulo de fracassos, inclusive no Estadual, tem feito o torcedor rifar também eventuais promessas que custam a vingar.


Ainda há um outro componente que torna este início de caminhada no Paulistão mais árduo. A estreia, sábado (19), às 19h30, contra o Mirassol, além das duas partidas seguintes como mandante, deverão ser realizadas fora do Morumbi, que passa por reformas. O Pacaembu será a casa temporária tricolor.

Em sua apresentação, há uma semana, Hernanes afirmou que chegava com sentimento de indignação por ver o clube do coração sem levantar uma taça há tanto tempo – a última foi a Copa Sul-Americana de 2012. A menos que o time supere todos os obstáculos citados até aqui, inclusive rivais mais fortes e ajustados, como o Palmeiras, fica difícil de imaginar o fim dessa história com o São Paulo no topo do Estado novamente.

TIME-BASE

Tiago Volpi; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson (Liziero) e Hernanes; Helinho, Pablo e Everton. Técnico: André Jardine.

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais em Destaque

Mancini não garante Nenê “titular” no São Paulo: “Ser meu amigo não o credencia a isso”

saopauloadmin16 de fevereiro de 2019

Mancini diz que só aceitou ser interino por Cuca: ‘É o técnico ideal’

saopauloadmin15 de fevereiro de 2019

São Paulo contrata Cuca

saopauloadmin14 de fevereiro de 2019

Reapresentação com novidades para semana de decisão

saopauloadmin11 de fevereiro de 2019

Discurso de Jardine não é traduzido em campo, e São Paulo se vê em crise

saopauloadmin10 de fevereiro de 2019

Organizada ameaça elenco e Leco e diz que prazo é até 4a feira

saopauloadmin7 de fevereiro de 2019

Nos últimos quinze jogos por competições sul-americanas, SP acumula treze expulsões

saopauloadmin7 de fevereiro de 2019

Sob tensão! São Paulo perde para Talleres e se complica na Liberta

saopauloadmin7 de fevereiro de 2019

Apostas: São Paulo tem estreia complicada na Libertadores

saopauloadmin5 de fevereiro de 2019