Noticias

DIS revela consulta do SP e pode investir em Jucilei antes de fechar

Desgastada após a negociação do atacante Neymar, que trocou o Santos pelo Barcelona, a DIS, braço esportivo do grupo Sonda, decidiu cortar investimentos no futebol. No entanto, a empresa pode entrar em um último negócio antes disso. O grupo diz ter conversado com o São Paulo e recebido pedido para investir 5 milhões de euros (R$ 16 milhões) na contratação do volante Jucilei, atualmente no Anzhi Makhachkala (RUS). Segundo os investidores, haverá uma reunião com a cúpula tricolor na sexta-feira para tratar do assunto.

Nesta semana, a DIS avisou aos 12 funcionários registrados que todos serão demitidos. A maioria já assinou a carta de demissão e iniciará na próxima semana um período de 30 dias de aviso prévio. Isso abrirá um período de transição para a empresa negociar a cartela de jogadores, que ainda pode ser ampliada com a presença de Jucilei.

No entanto, a DIS vê neste momento poucas possibilidades de fazer o investimento. O preço não é o problema, mas sim a chance de lucro. O volante tem 25 anos, e a chance de negociá-lo por altos valores depois de uma passagem pelo São Paulo seria pequena por causa da idade.

O São Paulo busca meios para contratar Jucilei, alvo do clube para reforçar o setor defensivo do meio de campo – o que é visto como prioridade por diretoria e comissão técnica para a montagem da equipe de 2014, assim como contratações para o ataque. O jogador tem contrato até o fim de 2014 na Rússia e já avisou à diretoria do Anzhi que não renovará com o clube caso não seja negociado no fim deste ano – e sairá de graça, sem indenizações. O Anzhi é o último colocado no Campeonato Russo após ter negociado os jogadores mais importantes, como o camaronês Samuel Eto’o e o brasileiro Willian.

A DIS encerrará as atividades por causa do desgaste decorrente da transferência de Neymar ao Barcelona (ESP). O ex-atacante do Santos foi vendido por 17 milhões de euros (R$ 49,6 milhões). O Santos ficou com 9,35 milhões de euros (R$ 27 milhões), a DIS embolsou 6,5 milhões de euros (R$ 18,9 milhões) e a Teisa, dona de 5% dos direitos do atacante, lucrou outros 860 mil euros (R$ 2,5 milhões).

No entanto, a DIS questionou uma série de pontos nessa divisão. A empresa apontou amistosos, preferência em negociações com outros jogadores santistas e até um adiantamento dado a Neymar como formas de reduzir o valor que o Santos destinou ao grupo.

O imbróglio ampliou uma rusga que já existia entre Santos e DIS. A empresa chegou a acionar a justiça para tentar receber um valor maior pela transferência de Neymar.

Fonte:uol
Faça parte de nossa rede. Curta nossa pagina no Facebook, clicando aqui!

Noticias

Mais em Noticias

Em noite de Copa do Brasil, São Paulo estreia mascote em homenagem a Leônidas da Silva

saopauloadmin30 de dezembro de 2020

Muricy fala de sua função no São Paulo

saopauloadmin15 de dezembro de 2020

Hernanes empata com Dodô no ranking dos maiores artilheiros do São Paulo no Brasileiro

saopauloadmin10 de dezembro de 2020

Fora! Pato encaminha rescisão de contrato com o São Paulo e se despede do elenco

saopauloadmin19 de agosto de 2020

10 fatos que orgulham todos os torcedores do São Paulo

saopauloadmin9 de julho de 2020

Dodô diz que quando jogou no são Paulo recusou ofertas do Barça e Inter de Milão

saopauloadmin16 de junho de 2020

São Paulo reforça posição contra o racismo: ‘Vidas negras importam’

saopauloadmin1 de junho de 2020

Osorio fala sobre saída do São Paulo em 2015

saopauloadmin31 de maio de 2020

Osorio diz ter saudade do São Paulo e coloca volta ao Brasil como um de seus 3 objetivos

saopauloadmin29 de maio de 2020