Destaque

Doping, clínica de reabilitação e pena reduzida: Carneiro volta ao São Paulo no Estadual

Inscrito pelo São Paulo para o mata-mata do Campeonato Paulista, o atacante Gonzalo Carneiro pode voltar a jogar após mais de 15 meses longe dos campos e treinos. Neste período, o uruguaio foi suspenso por dois anos por doping, ficou um mês e meio em clínica de reabilitação em Porto Alegre, treinou por conta própria em Montevidéu e teve sua pena reduzida para um ano.

Em 16 de março de 2019, Carneiro testou positivo para benzoilecgonina, um metabólito da cocaína, em exame realizado após a derrota do São Paulo por 1 a 0 para o Palmeiras, em partida disputada no estádio do Pacaembu e válida pelo Campeonato Paulista. Ele havia atuado os 90 minutos. O caso pegou o São Paulo de surpresa.

Na época, o empresário do jogador, Pablo Bentancurt, disse que Carneiro sofria de depressão. Contratado em abril de 2018, o uruguaio era visto como tímido e tinha dificuldades para se relacionar no elenco do São Paulo. A pena inicial foi de dois anos afastado do futebol. Em novembro, Carneiro se internou em uma clínica de reabilitação em Porto Alegre e ficou em tratamento por cerca de um mês e meio. Voltou para Montevidéu e passou a fazer trabalhos físicos para manter a forma.

A postura do jogador foi fundamental para que a pena fosse reduzida para um ano, de acordo com o advogado Bichara Neto, responsável pela defesa do atleta. No fim de março deste ano, antes da parada do futebol, o Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AP) diminuiu a suspensão pela metade. O gancho terminou durante a pandemia do novo coronavírus, e Carneiro retornou aos treinos do São Paulo no início deste mês. Na última segunda-feira, o atacante foi inscrito pelo clube para o mata-mata do Paulistão e fica à disposição para a partida contra o Mirassol, pelas quartas de final.


“Ele se internou, se submeteu ao tratamento, e essa atitude pesou para que a pena fosse reduzida, foi fundamental”, afirmou Bichara Neto ao Estadão. “Não tivemos mais contato depois do julgamento, mas ele estava muito satisfeito e contente em poder voltar a jogar”, acrescentou o advogado, também feliz com a recuperação do seu cliente. O jogador preferu não falar nesse momento com a reportagem.

O último jogo de Carneiro foi no dia 14 de abril de 2019. Aos 24 anos, ele soma 24 partidas disputadas pelo São Paulo e um gol marcado. Comprado em abril de 2018 junto ao Defensor, do Uruguai, o atacante tem vínculo válido até o fim de março de 2021. O São Paulo promete ajudar o atleta em sua nova fase.

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − três =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque

Mais em Destaque

Pressão aumenta, mas Fernando Diniz continua no comando da comissão técnica do São Paulo

saopauloadmin21 de janeiro de 2021

Muricy em ação para blindar o elenco!

saopauloadmin12 de janeiro de 2021

São Paulo é derrotado pelo Santos no Morumbi

saopauloadmin10 de janeiro de 2021

São Paulo e Reinaldo iniciam tratativas para renovação de contrato

saopauloadmin4 de janeiro de 2021

Brenner brilha, garante vitória do São Paulo sobre o Fluminense e faz Tricolor paulista disparar na ponta

saopauloadmin27 de dezembro de 2020

Na primeira partida da semifinal, São Paulo perde para o Grêmio

saopauloadmin24 de dezembro de 2020

Gabriel Sara: contrato renovado até 2024

saopauloadmin21 de dezembro de 2020

São Paulo bate Atlético-MG com autoridade e amplia vantagem na ponta

saopauloadmin17 de dezembro de 2020

Luciano desfalca o São Paulo em quantos jogos? Quando o atacante volta?

saopauloadmin14 de dezembro de 2020