Destaque

Mancini nega injustiça com Jean no São Paulo e “pede respeito ao clube”

Após o empate por 1 a 1 entre São Paulo e São Caetano, ontem, o técnico interino Vagner Mancini apresentou a sua versão para a polêmica com Jean. O goleiro ficou irritado com o teor de uma reunião entre a comissão técnica e atletas e deixou o treino mais cedo na última segunda-feira. Em texto publicado no seu Instagram, o arqueiro disse que o treinador o tratava de maneira diferente por causa de uma rivalidade (o comandante havia dirigido o Vitória e o jogador defendido o Bahia).

“Ele disse que eu tive tratamento diferente com ele e preteri a escalação dele por isso. Em determinado momento, quando ele não quis ir jogar contra o Red Bull e depois foi, sentei com ele por quase meia hora e bati um papo. Conheci ele desde os 14 anos. Sou amigo do pai dele, tenho um filho da idade dele é jamais agiria de uma forma que não fosse a de exigir o comprometimento que devemos ter em um clube, onde todos são pressionados. Fiquei quase meia hora dizendo que não era momento de reivindicar titularidade. Tudo tem seu tempo”, disse Mancini.

“Agora, a cobrança foi para o grupo e só ele se rebelou. Eu avisei que ele estava fazendo errado, falei como pai. Teve a chance de retornar e por opção dele ficaria separadamente do grupo. Dou minha versão porque não concordo com a nota e não foi a realidade. Não foi o técnico Vagner Mancini. Ele já passou com alguns técnicos e em todas as situações teve titularidade e reserva. Quando assumi, Volpi já era titular. Não tenho nada contra Jean. Tenho amizade com o pai dele. Ele interpretou tudo errado. É preciso ter respeito pelo clube”, afirmou Mancini.

Vaga e necessidade de melhorar

Com o empate por 1 a 1, o São Paulo garantiu a classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista. A equipe vai enfrentar o Ituano, sendo a segunda partida do mata-mata fora de casa. As datas serão definidas em sorteio na Federação Paulista, amanhã.

“Não estamos satisfeitos. O futebol está muito abaixo. Tivemos quatro semanas de treinos, mas perdemos peças importantes. O time está desfigurado. Eram peças que poderiam pensar o jogo de outra forma. E no dia do jogo teve ainda a nota do Jean, para tumultuar. Todos querem devolver a confiança do torcedor. Temos dificuldades e isso nos incomoda. Mas não perdemos o rumo e sabemos onde precisamos melhorar. Só que isso vira só com o tempo”, disse Mancini.

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque

Mais em Destaque

Everton aproveita dia livre do elenco para seguir com a transição

saopauloadmin15 de julho de 2019

Sob comando de Cuca, Pablo tem novo posicionamento no ataque do São Paulo

saopauloadmin15 de julho de 2019

São Paulo: Pablo apresenta melhora, mas ainda fará exames após lesão no Choque-Rei

saopauloadmin14 de julho de 2019

Choque-Rei termina empatado no retorno do Brasileiro

saopauloadmin14 de julho de 2019

O que mudou no São Paulo desde o último Choque-Rei

saopauloadmin13 de julho de 2019

Raniel aparece no BID e está liberado para defender o São Paulo

saopauloadmin11 de julho de 2019

São Paulo torna pública sua ‘nova postura’ e segura joias de Cotia

saopauloadmin10 de julho de 2019

Reforços? “Devemos concluir algumas negociações que estão em andamento e a gente vem conversando” diz Raí sobre reforços

saopauloadmin9 de julho de 2019

São Paulo não aceita propostas, jovem se reapresenta e pode ser reintegrado ao elenco

saopauloadmin9 de julho de 2019