Destaque

Militão treina com elenco e pode voltar ao São Paulo no domingo

O São Paulo mudou os planos e decidiu abrir para a imprensa o treino desta sexta-feira, no CT da Barra Funda. E os trabalhos tiveram uma novidade importante: Militão participou integralmente da atividade, sem nenhuma restrição do recente incômodo muscular que sentiu, e pode ficar à disposição do técnico Diego Aguirre diante do Bahia, no domingo.

Militão relatou incômodo muscular e, por isso, não enfrentou o Atlético-MG, no sábado, pelo Campeonato Brasileiro, nem o Rosario Central, da Argentina, na quarta-feira, pela Copa Sul-Americana. Mas não indicou nenhuma limitação na manhã desta sexta-feira, em seu primeiro dia de trabalho no campo depois do problema físico.

A manhã teve trabalhos técnicos para quem não atuou integralmente na quarta-feira. Os titulares diante do Rosario Central foram a campo somente para correr, realizando atividades físicas. Jucilei, Régis, Nenê e Petros ainda terminaram o período jogando futmesa, espécie de tênis usando os pés em uma mesa.

No campo, Aguirre e seus auxiliares comandaram atividades técnicas. Além de Militão, Rodrigo Caio, que já vem treinando com o elenco desde quinta-feira, também trabalhou sem restrições – o zagueiro é desfalque há três partidas por entorse no pé esquerdo, mas tem boas chances até de ser titular no domingo.

No treinamento, Aguirre trabalhou jogadas ofensivas. Sem dar nenhum esboço da escalação do fim de semana, dividiu o grupo em dois times que não se enfrentavam. Colocou estacas no campo como obstáculos e forçou, primeiramente, as jogadas pelas laterais. Depois, exercitou as infiltrações pelo meio da área. Em ambos os casos, a conclusão era com finalizações diante dos goleiros do elenco, que se revezavam na meta.

O meia-atacante Diego Souza, com edema na coxa esquerda, o zagueiro Anderson Martins, com trauma na coxa esquerda, e os atacantes Gonzalo Carneiro, em aprimoramento físico após se recuperar de pubalgia, e Morato, com entorse no tornozelo esquerdo, passaram a manhã no Reffis. Assim como o meia Cueva, liberado pela diretoria para acompanhar o nascimento do filho no Peru, todos desfalcarão a equipe neste domingo.


Diante das opções à disposição, a provável escalação do Tricolor tem: Sidão; Militão (Bruno Alves), Rodrigo Caio e Arboleda; Régis, Jucilei, Hudson e Reinaldo; Nenê, Everton e Tréllez. Mas a formação deve ser mantida em mistério até pouco antes do começo da partida.

O último trabalho antes da partida em Salvador será na manhã deste sábado, sem a presença da imprensa no CT da Barra Funda. Na sequência, a delegação embarca para o Nordeste. A partida contra o Bahia será às 16h de domingo, na Fonte Nova, e vale pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Lance

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais em Destaque

Mancini não garante Nenê “titular” no São Paulo: “Ser meu amigo não o credencia a isso”

saopauloadmin16 de fevereiro de 2019

Mancini diz que só aceitou ser interino por Cuca: ‘É o técnico ideal’

saopauloadmin15 de fevereiro de 2019

São Paulo contrata Cuca

saopauloadmin14 de fevereiro de 2019

Reapresentação com novidades para semana de decisão

saopauloadmin11 de fevereiro de 2019

Discurso de Jardine não é traduzido em campo, e São Paulo se vê em crise

saopauloadmin10 de fevereiro de 2019

Organizada ameaça elenco e Leco e diz que prazo é até 4a feira

saopauloadmin7 de fevereiro de 2019

Nos últimos quinze jogos por competições sul-americanas, SP acumula treze expulsões

saopauloadmin7 de fevereiro de 2019

Sob tensão! São Paulo perde para Talleres e se complica na Liberta

saopauloadmin7 de fevereiro de 2019

Apostas: São Paulo tem estreia complicada na Libertadores

saopauloadmin5 de fevereiro de 2019