Destaque Noticia

Muricy fala de sua função no São Paulo

Com a eleição de Julio Casares, confirmada no último sábado, o São Paulo terá um cargo de sua próxima diretoria para Muricy Ramalho. Nesta segunda-feira, o ex-treinador e ídolo tricolor falou sobre suas motivações para aceitar a proposta do novo presidente e voltar ao clube no qual fez história.

Convidado do programa Bem Amigos!, do SporTV, do qual era comentarista, Muricy confirmou que vai assumir uma função nova no clube, que é diferente da de Executivo de Futebol, que hoje é ocupada por Raí.

“O que me fez voltar foi o clube, junto com a proposta que foi muito bem feita. Eu não vou tomar lugar de ninguém. É um posto que não tem. É um convite difícil de você falar ‘não’, ainda mais em todos esses anos, que o São Paulo precisa de alguém nesse setor com um pouco de experiência”, iniciou.

Na sequência, Muricy destacou que a autonomia para tomar decisões foi um fato importante para aceitar a proposta. O futuro dirigente são-paulino também detalhou quais serão as suas tarefas no clube e os projetos que pretende implementar.

“Vou ter autonomia. O mais importante que acho que vou fazer é esse meio-campo entre comissão técnica, jogadores e dirigentes. Outra coisa fundamental são as contratações. Porque os jogadores são muito caros e não dá para errar tanto. São coisas que precisam de profissionais para atender isso. E também aproximar Cotia da Barra Funda. Claro que o São Paulo já tem uma rotina de trabalho, mas a gente vai se aproximar mais ainda. Quero também fazer o que o Telê Santana fez comigo, de fazer um treinador em casa. Para quando um treinador sair, não ser pego de surpresa e ter alguém do clube. São coisas que vou ter autonomia e estou feliz. Estou voltando para a minha casa também”, declarou.

Muricy também revelou que vai pedir uma cláusula em seu contrato que impeça que ele assuma a função de treinador. O futuro dirigente salientou o projeto de formar um técnico em casa para evitar que seu nome seja especulado nesses casos.


“Não assinei contrato porque a gente depende da eleição e tem gente trabalhando, mas vou colocar essa cláusula para não ter dúvida. Futebol é muito sensível. Eu não estou mais nessa e não quero mais saber (de ser treinador). Quero colocar no contrato, porque senão fica aquela coisa de chamar o Muricy. Por isso eu quero um projeto de preparar um treinador da casa”, destacou.

No último domingo, em entrevista exclusiva para o Mesa Redonda, da TV Gazeta, o novo presidente são-paulino, Julio Casares, confirmou que Muricy Ramalho vai assumir o cargo de Coordenador de Futebol.

O ex-treinador volta ao futebol depois de quatro anos de trabalho como comentarista. No comando técnico do Tricolor Paulista, Muricy conquistou três Campeonatos Brasileiros de maneira consecutiva, em 2006, 2007 e 2008, um feito inédito no país.

Gazeta Esportiva

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 8 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

“Importante somar pontos nesta reta final”, diz Tchê Tchê

saopauloadmin17 de janeiro de 2021

Veja quem são os desfalques, retorno e pendurados para confronto com Athletico-PR

saopauloadmin15 de janeiro de 2021

Muricy Ramalho espera afastar o fantasma de 2009

saopauloadmin13 de janeiro de 2021

Muricy em ação para blindar o elenco!

saopauloadmin12 de janeiro de 2021

São Paulo é derrotado pelo Santos no Morumbi

saopauloadmin10 de janeiro de 2021

Números de Luan mostram sua importância para o São Paulo

saopauloadmin8 de janeiro de 2021

Casares apresenta metas e define futebol, marketing e finanças como prioridades

saopauloadmin4 de janeiro de 2021

Tricolor intensifica preparação para encarar o Red Bull Bragantino

saopauloadmin4 de janeiro de 2021

Luciano tem chances muito pequenas de jogar a semifinal da Copa do Brasil

saopauloadmin30 de dezembro de 2020