Destaque

O grande mérito de Jardine é ter mudado rapidamente a mentalidade do São Paulo

Avaliar o trabalho de um treinador, é óbvio dizer, é impossível depois de apenas dois jogos. Mas com 180 minutos de jogo à frente do São Paulo, já pode ser dito que André Jardine mudou algo na equipe. Preparado na base para um dia assumir o time profissional, o treinador trocou rapidamente a mentalidade do time.

Saiu o estilo Diego Aguirre, que entregava a bola aos adversários e se fechava quando estava à frente no placar, e entrou o estilo Jardine, que passamos a conhecer melhor agora: ter a bola é um caminho mais fácil de se chegar à vitória. Contra o Cruzeiro, o Tricolor teve mais posse de bola o tempo todo. Trabalhou com ela, não a entregou ao adversário para ficar na espreita à espera de um vacilo. Quando Diego Souza, em um lindo gol, abriu o placar aos 30 minutos do primeiro tempo, a equipe não recuou para viver somente de contra-ataques.

O São Paulo continuou jogando, seguiu querendo ficar com a bola. Aos 39 anos, o jovem Jardine parece ser mais uma esperança de renovação positiva nos quadros de treinadores no Brasil. Como pontuou André Kfouri, colunista do LANCE!, em participação na ESPN, quando um técnico joga somente pelo resultado, se as vitórias não acontecem, nada sobra. Quando um treinador tem uma ideia, um conceito, as vitórias, mesmo que não apareçam, algum tipo de legado permanece.


André Jardine parece estar no segundo grupo. Seu sucesso depende também do trabalho e da paciência que os dirigentes do clube terão.

Fonte: Lancenet

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais em Destaque

“Peço que a torcida confie, porque temos a ambição de fazer o time ser campeão”

saopauloadmin18 de fevereiro de 2019

Marco Aurélio Cunha critica arbitragem e não descarta presidência do São Paulo

saopauloadmin18 de fevereiro de 2019

Roubado! São Paulo sofre mais uma derrota

saopauloadmin18 de fevereiro de 2019

Segundo jornalista, Cuca retornará ao futebol mais cedo que o previsto

saopauloadmin17 de fevereiro de 2019

Mancini não garante Nenê “titular” no São Paulo: “Ser meu amigo não o credencia a isso”

saopauloadmin16 de fevereiro de 2019

Mancini diz que só aceitou ser interino por Cuca: ‘É o técnico ideal’

saopauloadmin15 de fevereiro de 2019

São Paulo contrata Cuca

saopauloadmin14 de fevereiro de 2019

Reapresentação com novidades para semana de decisão

saopauloadmin11 de fevereiro de 2019

Discurso de Jardine não é traduzido em campo, e São Paulo se vê em crise

saopauloadmin10 de fevereiro de 2019