Destaque

O que mudou no São Paulo desde o último Choque-Rei

Mais de três meses após o último Choque-Rei, o São Paulo voltará a enfrentar o Palmeiras neste sábado, em duelo válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Para os tricolores, as recordações do último encontro com os rivais não poderiam ser melhores. No jogo que marcou a estreia oficial do técnico Cuca, o time do Morumbi derrotou o Verdão nos pênaltis, assegurando a vaga na finalíssima do Campeonato Paulista em pleno Allianz Parque.

Apesar das lembranças agradáveis, muita coisa mudou no período procedente ao duelo das semifinais estaduais. A começar pela situação da equipe na temporada.

Da final do Paulista à queda no Brasileiro

Finalista do Paulistão, o time ganhou moral e, mesmo sofrendo com desfalques e problemas físicos, começou o Campeonato Brasileiro a todo vapor. Foram três vitórias e um empate nas primeiras quatro rodadas, o que garantiu uma posição entre os líderes da tabela, ao lado dos rivais Palmeiras e Santos.

Contudo, o momento animador durou pouco e o São Paulo voltou a oscilar. A queda de rendimento começou na quinta rodada, com o empate em 0 a 0 contra o Bahia, no Morumbi. Em seguida, perdeu o clássico contra o Corinthians, em Itaquera, e empatou os três jogos seguintes: contra Cruzeiro, Avaí e Atlético-MG. Resultado: queda para a nona colocação da tabela, com 14 pontos ganhos, nove atrás do líder, que continua sendo o Palmeiras.

Para piorar, em meio à seca de vitórias no Brasileirão, o Tricolor também acabou eliminado da Copa do Brasil. O algoz foi o mesmo Bahia, que venceu os dois jogos do confronto, ambos por 1 a 0.

Entre chegadas e saídas, elenco começou a ser reformulado

No que diz respeito às peças do elenco, as mudanças também foram significativas. Antes mesmo de se classificar à final do Paulistão, o clube já havia anunciado a chegada de três reforços: Alexandre Pato, Tchê Tchê e Vitor Bueno, os quais fizeram suas estreias apenas no Brasileirão. Mais recentemente, o atacante Raniel, que estava no Cruzeiro, foi mais um a integrar o plantel tricolor, e vive a expectativa de entrar em campo pela primeira vez. Outro reforço Marquinhos Calazans, que chegou do Fluminense em negociação que envolveu Brenner como moeda de troca.

O atacante, aliás, não foi o único a deixar o time neste período. Contratado no início do ano, Biro Biro rescindiu o vínculo e se despediu do clube. Alguns jogadores foram afastados, já que não seriam utilizados no restante da temporada, como é o caso do lateral Bruno Peres, do volante Jucilei e do meia Nenê. Para completar a lista, outro impossibilitado de atuar é o uruguaio Gonzalo Carneiro, suspenso por doping. Isso, sem contar a saída do preparador físico Carlinhos Neves, que pediu demissão na metade de junho.

Retorno de Pablo, e as novas baixas de Everton e Liziero

Se comparado o time que entrou em campo no último Choque-Rei com o que provavelmente iniciará a partida deste final de semana, as alterações também são evidentes. Mesmo que a defesa seja a mesma (Tiago Volpi, Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo), o meio de campo e o ataque sofrerão diversas alterações.

Dos que jogaram no Allianz Parque, apenas Luan e Antony permanecerão entre os titulares. Liziero e Everton, por exemplo, voltaram a se lesionar (tornozelo direito e adutor direito, respectivamente) e seguem em recuperação. Em seus lugares, entrarão Tchê Tchê e Alexandre Pato.

Por outro lado, dois importantes jogadores foram desfalques naquela ocasião, mas estarão à disposição neste sábado. Hernanes ocupará a vaga de Igor Gomes na criação, enquanto Pablo (recuperado da cirurgia na lombar), voltará ao comando de ataque, posição esta que foi exercida pelo meia Everton Felipe, improvisado.

Inter-temporada discreta

Com a parada para a Copa América, o São Paulo teve cerca de um mês para se dedicar aos treinos. Após uma semana de folga, o elenco voltou aos trabalhos e ficou duas semanas concentrado no CFA (Centro de Formação de Atletas) de Cotia. Na última semana, porém, o plantel voltou à capital, onde treinou no CT da Barra Funda.

Aproveitando o tempo e a calma para trabalhar, Cuca optou por fechar os portões na grande maioria das atividades realizadas neste período. Foram poucas as vezes em que os trabalhos foram abertos à imprensa, que teve mais contato com o elenco mais na reta final da preparação.

Foram três jogos-treinos disputados pelo Tricolor nesta inter-temporada, com duas vitórias e um empate. No primeiro, em Cotia, venceu o São Bento por 4 a 2; no segundo, no Morumbi, venceu o Cuiabá por 3 a 1; e no terceiro, já na Barra Funda, empatou em 2 a 2 contra o EC São Bernardo. Nenhum deles foi aberto aos jornalistas.

Jejum em clássicos

Mesmo tendo levado a melhor sobre o Palmeiras nas semifinais do Paulistão, o São Paulo está há quase um ano sem vencer um clássico contra seus rivais de estado. A última vitória foi sobre o Corinthians, em 21 de julho de 2018. De lá para cá, são 11 jogos sem vitória (seis derrotas e cinco empates). O triunfo contra o time alviverde foi nos pênaltis, após dois empates com a bola rolando.

Para evitar esta marca negativa, portanto, o Tricolor é obrigado a vencer o Verdão neste sábado. Para isso, contará com o apoio de seu torcedor. No Estádio do Morumbi, a bola rola a partir das 19h (de Brasília).

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque

Mais em Destaque

Tricolor vence o Inter e assegura a vaga na fase de grupos da Libertadores

saopauloadmin5 de dezembro de 2019

São Paulo terá mudanças no meio para o jogo contra o Grêmio, confira

saopauloadmin29 de novembro de 2019

Daniel Alves volta a treinar na véspera da partida contra o Vasco

saopauloadmin28 de novembro de 2019

Volpi: “Oscilamos, estamos em dívida com o nosso torcedor e precisamos da vitória”

saopauloadmin27 de novembro de 2019

Por G4, São Paulo se mobiliza para repetir melhor sequência do ano

saopauloadmin24 de novembro de 2019

São Paulo deixa Tiago Volpi de lado em negociação

saopauloadmin22 de novembro de 2019

Igor Gomes fala dos erros do time e do clássico no sábado

saopauloadmin14 de novembro de 2019

Com Igor Gomes suspenso, Hernanes pode voltar a ser titular após 3 jogos

saopauloadmin3 de novembro de 2019

“Temos que nos focar na vaga direta para a Libertadores” afirma Diniz

saopauloadmin31 de outubro de 2019