Ultimas Noticias

Quem não tem Cueva caça com Thomaz!

Gilberto fez dois gols e deu uma assistência.|
Thiago Mendes também marcou dois gols. Mas a novidade da goleada do São Paulo por 5 a 0 sobre o Linense, no sábado à tarde, no Morumbi, foi a atuação de Thomaz.

Titular de Rogério Ceni pela primeira vez, o meia brasileiro de 30 anos, recém-contratado do Jorge Wilstermann, da Bolívia, fez um gol e deu uma assistência… Mas sua maior contribuição foi rodar entre meio de campo e ataque para fazer o Tricolor produzir jogadas de ataque em quantidade e, principalmente, qualidade.

Lembrou quem? Sim, Cueva!

order at a low figure drugs without a doctor – http://fauzicobain-22.mhs.narotama.ac.id/2016/11/30/order-at-a-low-figure-drugs-without-a-doctor/ purchase cheap tablets no prescription – http://ivyproschool.com/purchase-cheap-tablets-no-prescription/ campinho_cyo65ax


A última partida do peruano pelo clube foi em 18 de março – 1 a 1 com o Ituano. Depois, no fim do mês passado, pela seleção de seu país, o meia sofreu um estiramento na coxa esquerda e não jogou mais.

Com ele machucado, o São Paulo tinha feito três jogos até este sábado: 1 a 0 no São Bernardo, 2 a 0 no Linense e 0 a 0 com o Defensa y Justicia. Não tinha tomado gol, mas a produção ofensiva vinha decepcionando. Vitórias até que vinham, mas não convenciam.

No jogo que valeu a classificação para a semifinal do Campeonato Paulista, o cenário mudou. O Tricolor também não sofreu gol, apesar de alguns sustos no primeiro tempo, mas voltou a pressionar um adversário, impor seu jogo, como nos primeiros sob o comando de Rogério Ceni.

Thomaz foi o principal responsável por isso.

Por ter a vantagem de poder até perder por um gol para o Linense, o técnico tricolor poupou três jogadores (Jucilei, que teve que entrar no fim do primeiro tempo, Wellington Nem e Pratto) e apostou em Thomaz na função de Cueva pela primeira vez.

O camisa 19 começou aberto pela esquerda na linha de três jogadores de frente, mas fez de tudo um pouco do meio para frente: inverteu constantemente de lado com Luiz Araújo, voltou para buscar a bola no meio, protagonizou jogadas individuas, arriscou passes mais incisivos como aos 30 minutos do primeiro tempo.

Até com o centroavante Gilberto ele trocou de posição, como no gol que fez aos 33 do segundo tempo

Thomaz não é Cueva, mas foi quem mais fez o São Paulo jogar bem com o desfalque. O peruano deve precisar da terceira semana de recuperação. Na próxima quinta-feira (contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil) e no outro fim de semana (provavelmente num clássico, pelo Paulistão), se ainda não tiver à disposição a opção antiga, Ceni tem que manter a nova aposta.

Fonte: ge
endep online

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 18 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ultimas Noticias

Mais em Ultimas Noticias

Mesmo com a paralisação, Rojas corre contra o tempo para voltar aos gramados e renovar seu contrato

saopauloadmin27 de março de 2020

Coronavírus: Diniz elogia postura do SPFC em negociação com jogadores devido à pausa

saopauloadmin27 de março de 2020

Lucas Moura não esconde desejo em retornar ao São Paulo: “É o time que eu amo”

saopauloadmin26 de março de 2020

Daniel Alves escreve para Bolsonaro: “Deveria prezar pelo bem do povo”

saopauloadmin25 de março de 2020

“Temos dado valor a coisas que não valem” diz Dani Alves em Live veja o que mais ele falou

saopauloadmin24 de março de 2020

Trio do São Paulo encabeça lista de maiores finalizadores do Paulistão antes da pausa

saopauloadmin24 de março de 2020

Fla tentou Dani Alves um dia antes de acerto com São Paulo, diz dirigente do tricolor

saopauloadmin20 de março de 2020

Por prevenção, São Paulo decide adiar reunião do Conselho Deliberativo, como antecipado pelo Blog

saopauloadmin20 de março de 2020

Contra pandemia, São Paulo põe CTs e Morumbi à disposição do Governo

saopauloadmin19 de março de 2020