Destaque Noticia

Saiba como estão os contratos dos jovens formados em Cotia

O elenco do São Paulo tinha 16 jovens formados em Cotia até a pausa das competições, sendo Igor Gomes o mais valorizado no mercado internacional. O meia de 21 anos renovou em 2018: tinha contrato até setembro de 2019 e ampliou até 31 de março de 2023. Recentemente, recebeu aumento salarial, sem alteração no tempo de vínculo. Soma 44 jogos e cinco gols como profissional.

Lucas Perri, goleiro de 22 anos, renovou em março: ele tinha contrato até 30 de abril de 2022 e ampliou até 31 de janeiro de 2023. Soma três jogos como profissional.

Júnior, goleiro de 21 anos, renovou em março: ele tinha contrato até 31 de dezembro de 2020 e ampliou até 30 de junho de 2022. Ainda não estreou no profissional.

Thiago Couto, goleiro de 20 anos, renovou em 2019: tinha contrato até outubro do ano passado e ampliou até 30 de junho de 2022. Ainda não estreou no profissional.

Danilo Gomes, atacante de 21 anos, renovou em março: tinha contrato até 17 de abril de 2020 e ampliou até 31 de dezembro de 2021. Tem um jogo como profissional e não vinha sendo relacionado.

Walce, zagueiro de 21 anos, renovou em 2019: tinha contrato até outubro de 2021 e ampliou até 31 de dezembro de 2022. Soma cinco jogos como profissional e neste momento se recupera de cirurgia no joelho.

Diego Costa, zagueiro/volante de 20 anos, renovou em 2019: tinha contrato até 30 de março de 2020 e ampliou até 31 de dezembro de 2022. Soma dois jogos como profissional.

Liziero, volante de 22 anos, renovou em 2018: tinha contrato até 2020 e ampliou até 30 de abril de 2023. Soma 78 jogos e três gols no profissional.

Luan, volante de 20 anos, renovou em 2018: tinha contrato até setembro de 2019 e ampliou até 31 de dezembro de 2022. Soma 44 jogos como profissional.

Gabriel Sara, meia de 20 anos, renovou em 2019: tinha contrato até setembro do ano passado e ampliou até 30 de abril de 2023. Soma seis jogos como profissional. Recuperado de cirurgia, estará à disposição de Diniz na volta dos treinos.

Helinho, atacante de 19 anos, renovou em 2018: tinha contrato até novembro de 2020 e ampliou até 30 de abril de 2023. Soma 29 jogos e um gol como profissional.

Toró, atacante de 20 anos, renovou em 2018: tinha contrato de empréstimo, foi comprado e assinou até 31 de dezembro de 2022. Soma 25 jogos e três gols como profissional.

Brenner, atacante de 20 anos, renovou em 2017: tem vínculo até 12 de setembro de 2022. Soma 34 jogos e seis gols como profissional.


Rodrigo Nestor, meia de 19 anos, é um dos únicos jovens formado em Cotia que não renovou depois ou pouco antes de chegar ao profissional. Seu contrato foi reformado pela última vez em 2016 e é válido até novembro de 2021. É provável que discuta uma ampliação em breve.

Fabinho, atacante de 20 anos, também não renovou recentemente. Seu último vínculo, firmado em 2017, vence em 30 de junho deste ano e ele deixará o clube. Soma dois jogos como profissional, um neste ano.

Antony, atacante de 20 anos, renovou duas vezes após chegar ao profissional. Na última, seu contrato foi ampliado de setembro de 2023 para junho de 2024. Ele, no entanto, já está vendido ao Ajax (HOL) e se apresenta em julho. Soma 52 jogos e seis gols como profissional e não deve ter uma despedida.

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

Cairia bem no Tricolor? De saída, estrela do Manchester City pode retornar ao futebol brasileiro

saopauloadmin30 de novembro de 2020

São Paulo marca 61% dos seus gols no segundo tempo

saopauloadmin29 de novembro de 2020

CBF admite erro da arbitragem na revisão de gol do São Paulo

saopauloadmin26 de novembro de 2020

Diniz não garante substituto de Brenner, mas afirma: “Confiança plena em quem entrar”

saopauloadmin25 de novembro de 2020

Apesar de empate frustrante, São Paulo atinge 12 jogos de invencibilidade e está perto de 3a maior marca em Brasileiros desde 2006

saopauloadmin23 de novembro de 2020

Ceni pede ao juiz para jogo acabar: “Meu time sem chance”

saopauloadmin19 de novembro de 2020

Vai ter festa no Morumbi! Quarta-feira às 19h00, recepção do ônibus tricolor

saopauloadmin16 de novembro de 2020

Rodrigo Nestor comemora estreia no São Paulo: ‘Sonhava desde criança’

saopauloadmin15 de novembro de 2020

Brenner foi aposta de Ceni no São Paulo aos 17 anos; hoje é carrasco

saopauloadmin12 de novembro de 2020