Destaque Noticia

São Paulo Morumbi é eliminado pelo Mirassol

O Mirassol, desacreditado após perder 16 jogadores durante a paralisação do Paulistão, surpreendeu o São Paulo no Morumbi e avançou à semifinal com vitória por 3 a 2. O clube do interior aguarda os demais confrontos das quartas para conhecer seu próximo adversário.

A primeira chance clara do São Paulo só aconteceu aos 32 minutos do primeiro tempo, quando Pato recebeu cruzamento de Juanfran e exigiu grande defesa do goleiro Kewin. Àquela altura, acredite, o Mirassol já vencia por 2 a 0.

Zé Roberto, destaque do São Bento na Série B do ano passado e inscrito nesta semana no Paulistão, aproveitou duas falhas grosseiras da defesa são-paulina para vencer Tiago Volpi duas vezes. A primeira de cabeça, totalmente livre após cobrança de escanteio. A segunda após vencer Juanfran na corrida e receber cruzamento rasteiro de Juninho, que deixaram Reinaldo comendo poeira.

A lembrança dos vexames acumulados nos últimos anos já atormentava o torcedor do São Paulo, mas o time foi completamente diferente no terço final da primeira etapa. Pablo diminuiu aos 35 após receber cruzamento de Vitor Bueno e Vitor Bueno empatou aos 36 após bola escorada por Pablo. E o time criou chances para virar, com o próprio Pablo e com Pato.

O Tricolor continuou com a bola no segundo tempo, mas teve imensa dificuldade para criar oportunidades. Para piorar, foi castigado justamente no momento em que Fernando Diniz sacou um zagueiro (Bruno Alves) para colocar um atacante (Everton). Daniel Borges, aos 34 minutos, pegou na veia após Arboleda e Volpi baterem cabeça e colocou o Mirassol na frente.


FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 x 3 MIRASSOL

Data/Horário: 29/7/2020, às 19h
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse Arbitro e Anderson Jose de Moraes Coelho
Cartões amarelos: Bruno Alves (SAO); Zé Roberto (MIR)
Cartões vermelhos: –

Gols: Zé Roberto, aos 19’/1ºT (0-1); Zé Roberto, aos 31’/1ºT (2-0); Pablo, aos 35’/1ºT (1-2); Vitor Bueno, aos 36’/1ºT (2-2); Daniel Borges, aos 34’/2ºT (2-3)

SÃO PAULO: Tiago Volpi, Juanfran (Igor Vinícius – Intervalo), Arboleda, Bruno Alves (Everton – 33’/2ºT) e Reinaldo; Tchê Tchê (Paulinho Boia – 38’/2ºT), Daniel Alves e Igor Gomes (Hernanes – 33’/2ºT); Pablo, Vitor Bueno e Pato (Helinho – 21’/2ºT). Técnico: Fernando Diniz.

MIRASSOL: Kewin, Daniel Borges, Danilo Boza, Reniê e Moraes; Alison Silva, Du (Lucas Vital – 31’/2ºT), Kauan (Matheus Rocha – 10’/2ºT) e Juninho (Wellington – Intervalo); Bruno Mota (Vinicius – 42’/2ºT) e Zé Roberto (João Arthur – 31’/2ºT). Técnico: Ricardo Catalá.

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 8 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

Quando foi a última vez que o São Paulo fez 5 gols em um jogo?

saopauloadmin21 de outubro de 2020

Sul-Americana, Copa do Brasil ou Brasileirão: qual torneio se dedicar?

saopauloadmin20 de outubro de 2020

São Paulo vive a sua maior sequência sem derrotas na temporada mas só venceu 2 dos últimos 11 jogos

saopauloadmin19 de outubro de 2020

São Paulo: Diniz afirma que arbitragem contra Fortaleza foi ‘confusa’

saopauloadmin15 de outubro de 2020

Veja o que mudou no SPFC desde o adeus na Libertadores

saopauloadmin13 de outubro de 2020

Fernando Diniz supera pressão e segue com duas pedras no caminho: Palmeiras e Rogério Ceni

saopauloadmin8 de outubro de 2020

Juanfran sente joelho na primeira etapa e vira preocupação para o São Paulo

saopauloadmin8 de outubro de 2020

Fernando Diniz lida com dúvida na lateral direita

saopauloadmin4 de outubro de 2020

Após eliminação na Libertadores, Raí banca Diniz no São Paulo

saopauloadmin1 de outubro de 2020