Destaque Noticia

São Paulo quer evitar igualar série indigesta que complicou equipe em 2017

O torcedor do São Paulo vai completar dois meses sem saber o que é comemorar uma vitória. A série de partidas sem vencer já chegou a sete neste ano, apenas duas a menos do que a sequência indigesta de nove em 2017.

A última vitória do time foi no dia 12 de maio, quando bateu o Fortaleza por 1 a 0. De lá pra cá foram quatro empates e três derrotas. No período, o São Paulo enfrentou três vezes o Bahia: empatou em 0 a 0 no Brasileiro e perdeu os dois jogos da Copa do Brasil por 1 a 0, o que resultou na eliminação do torneio mata-mata.

No retorno após a pausa para a Copa América, o São Paulo terá dois jogos em casa para tentar se recuperar, mas o primeiro deles já é complicado: clássico contra o líder Palmeiras, no dia 13 de julho. Depois, o Tricolor recebe a Chapecoense, no dia 22.

A sequência de nove jogos sem vitória em 2017 ocorreu entre a sexta e a décima quarta rodada do Brasileirão. Foram seis derrotas, para Corinthians, Atlético-MG, Athletico-PR, Santos, Flamengo e Chapecoense, e três empates, contra Fluminense, Sport e Atlético-GO. Como não houve intervalo, como o da Copa América naquele ano, a espera por uma nova vitória durou um mês e oito dias. Na ocasião, o clube tricolor flertou com o rebaixamento por algumas rodadas, mas uma recuperação sob o comando de Dorival Júnior evitou uma possível queda.

A pior série do Tricolor antes de 2017 aconteceu em 2013, quando a equipe chegou a ficar 11 partidas oficiais sem vencer. Foram 15 jogos sem vencer, entre as rodadas 3 e 16 do Campeonato Brasileiro, passando pela final da Recopa Sul-Americana, contra o Corinthians, e pela Taça Suruga, diante do Kashima Antlers. A espera por uma vitória em jogos oficiais durou praticamente três meses.

Naquele ano, o Tricolor disputou ainda uma partida amistosa e participou de duas competições não oficiais, a Copa Audi e a Copa Eusébio. O amistoso diante do Flamengo terminou em derrota, assim como os jogos contra Milan e Bayern de Munique na Copa Audi, mas o São Paulo bateu o Benfica na Copa Eusébio.

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × quatro =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque Noticia

Mais em Destaque Noticia

São Paulo adota cautela com Pablo e dá sequência ao ‘pé-quente’ Raniel

saopauloadmin20 de agosto de 2019

Pato e Toró ficam fora de treino e não devem enfrentar o Athletico

saopauloadmin19 de agosto de 2019

Novo São Paulo? Reforços dão sinais positivos do que podem oferecer a Cuca

saopauloadmin19 de agosto de 2019

Cuca atualiza situação de Pato e lembra de Ronaldinho ao falar de D. Alves

saopauloadmin19 de agosto de 2019

Cuca explica atuação abaixo do São Paulo e fala em buscar topo “devagarzinho”

saopauloadmin19 de agosto de 2019

Cuca comemora vitória e exalta estreia de Daniel Alves pelo São Paulo

saopauloadmin18 de agosto de 2019

Cuca faz últimos ajustes no Tricolor para duelo com o Ceará

saopauloadmin17 de agosto de 2019

São Paulo corre risco de ter seu primeiro “jogo invisível” em 2019

saopauloadmin15 de agosto de 2019

O que explica bom rendimento de Dani Alves e Juanfran no São Paulo

saopauloadmin15 de agosto de 2019