Destaque

Solta o grito de campeão: Tricolor vence o Vasco e conquista o tetra da Copinha

No aniversário de 89 anos do Tricolor, a garotada do CFA Laudo Natel conquistou o tetracampeonato da Copa São Paulo de Futebol Júnior! E foi com muita chuva e emoção! Nesta sexta-feira (25), nos pênaltis (3 x 1) após empate por 2 a 2 no tempo regulamentar, o São Paulo derrotou o Vasco da Gama e faturou a Copinha pela quarta vez – também ergueu o troféu em 1993, 2000 e 2010.

Para conquistar o tetra, a molecada de Cotia contou com o incondicional apoio da torcida, que compareceu em grande número e encarou a forte chuva no Pacaembu para incentivar os comandados de Orlando Ribeiro.

A torcedora Larissa, que luta há dois anos contra um câncer no cérebro, também contagiou os jovens jogadores são-paulinos: após passar por cirurgia e ainda enfrentar inúmeras quimioterapias, a pequena de seis anos de idade diz ser forte e guerreira como o time do Tricolor, e foi homenageada pelo elenco, que raspou o cabelo.

Para chegar até o título, após 23 dias de campeonato na 50º edição, o São Paulo passou por Holanda-AM, Serra-ES, Ferroviária-SP (todos na primeira fase), Rio Claro-SP (segunda fase), Mirassol-SP (oitavas de final), Cruzeiro-MG (quartas de final), Guarani-SP (semifinal) e Vasco-RJ (final).

A trajetória começou no dia 2 de janeiro em Araraquara, na Arena da Fonte Luminosa, e o Tricolor foi acolhido pelos torcedores do interior. De lá para cá, o time evoluiu em campo e seguiu invicto com seis vitórias e três empates, com 28 gols marcados e nove sofridos.

A DECISÃO

No primeiro tempo, o Tricolor foi superior, ficou mais tempo com a posse de bola e mostrou mais força ofensiva para buscar o gol. E foi com o artilheiro da competição, Gabriel Novaes, que o São Paulo balançou as redes antes do intervalo: aos 38 minutos, o atacante aproveitou cruzamento de Antony e marcou o seu décimo gol no torneio! 1 a 0!

Na volta para a segunda etapa, a chuva apertou na capital paulista e a torcida tricolor foi no embalo para contagiar ainda mais a molecada em campo! Com o incentivo das arquibancadas, o time são-paulino ampliou em grande contragolpe, logo aos sete: Antony foi lançado, ganhou na corrida e mandou para o fundo do gol. 2 a 0!

Os vascaínos reagiram e pressionaram o Tricolor. Aos 30, os cariocas descontaram com Lucas Santos, em cobrança de falta, e se mandaram para o campo de ataque em busca do empate. E aos 38, com Tiago Reis, o rival deixou tudo igual e levou a decisão para os pênaltis. 2 a 2.

Nas cobranças de penalidades máximas, o goleiro Thiago Couto brilhou, e o São Paulo conquistou o tetracampeonato da Copinha! O arqueiro defendeu duas cobranças -além de uma batida do Vasco que explodiu no travessão -, Ed Carlos, Morato e Tuta converteram, e o Tricolor levou a melhor!

1993, 2000, 2010 e 2019! O Tricolor é tetra da Copa São Paulo de Futebol Júnior!

SÃO PAULO (3) 2 x 2 (1) VASCO DA GAMA

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 25/01/2019 (sexta-feira)
Árbitro: Douglas Marques das Flores
Assistentes: Tatiane dos Santos Camargo e Fabrini Bevilaqua Costa

Público pagante: 33.199 pagantes
Renda: R$ 874.745,00

GOLS: Gabriel Novaes, aos 38 minutos do 1ºT, e Antony, aos sete minutos do 2ºT (São Paulo); Lucas Santos, aos 30 minutos do 2ºT, e Tiago Reis, aos 38 minutos do 2ºT (Vasco)

SÃO PAULO: Thiago Couto; Caio, Tuta, Morato e Welington (Sena); Diego, Rodrigo Nestor (Vitinho), Paulinho, Antony (Edcarlos), Gabriel Novaes (Fasson) e Fabinho (Weverton). Técnico: Orlando Ribeiro.

VASCO: Alexander; Tenório, Ulisses, Norões e Coutinho (Riquelme); Bruno Gomes (Laranjeira), Linnick (Alexandre Melo) e Caio Lopes; Lucas Santos, Tiago Reis e João Pedro (Talles). Técnico: Marcos Valadares.


Os 25 inscritos na competição:

Goleiros: Arthur Gazze, Eduardo e Thiago Couto
Zagueiros: Diego, Fasson, Morato e Tuta
Laterais: Caio Felipe, Sena, Welington e Weverson
Volantes: Cássio, Marcos Jr, Rafael e Rodrigo Nestor
Meio-campistas: Gabriel Sara e Ed Carlos
Atacantes: Antony, Danilo, Fabinho, Gabriel Novaes, Paulinho, Thiaguinho, Thiago Paulo e Vitinho
Técnico: Orlando Ribeiro
Auxiliar técnico: Marcos Vizolli
CAMPANHA:

Primeira Fase

São Paulo 7 x 2 Holanda/AM – Gols: Gabriel Sara (3), Fabinho, Gabriel Novaes (2) e Vitinho

Serra/ES 0 x 3 São Paulo – Gols: Gabriel Novaes (2) e Rodrigo Nestor

Ferroviária 2 x 2 São Paulo – Gols: Fabinho e Rodrigo Nestor

Segunda Fase

Rio Claro 3 x 0 São Paulo – Gols: Gabriel Novaes (3)

Terceira Fase

Ferroviária 0 x 2 São Paulo – Gols: Gabriel Novaes e Fabinho

Oitavas de final

Mirassol 0 x 3 São Paulo – Gols: Gabriel Novaes, Antony e Sena

Quartas de final

Cruzeiro (5)1 x 1(6) São Paulo – Gols: Paulinho

Semifinal

São Paulo 5 x 2 Guarani – Gols: Antony (2), Fabinho, Paulinho e Vitinho

Final

São Paulo (3) 2 x 2 (1) Vasco

Fonte:

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Mais em Destaque

Mancini não garante Nenê “titular” no São Paulo: “Ser meu amigo não o credencia a isso”

saopauloadmin16 de fevereiro de 2019

Mancini diz que só aceitou ser interino por Cuca: ‘É o técnico ideal’

saopauloadmin15 de fevereiro de 2019

São Paulo contrata Cuca

saopauloadmin14 de fevereiro de 2019

Reapresentação com novidades para semana de decisão

saopauloadmin11 de fevereiro de 2019

Discurso de Jardine não é traduzido em campo, e São Paulo se vê em crise

saopauloadmin10 de fevereiro de 2019

Organizada ameaça elenco e Leco e diz que prazo é até 4a feira

saopauloadmin7 de fevereiro de 2019

Nos últimos quinze jogos por competições sul-americanas, SP acumula treze expulsões

saopauloadmin7 de fevereiro de 2019

Sob tensão! São Paulo perde para Talleres e se complica na Liberta

saopauloadmin7 de fevereiro de 2019

Apostas: São Paulo tem estreia complicada na Libertadores

saopauloadmin5 de fevereiro de 2019