Destaque

Tchê Tchê reforça o Tricolor

Após os retornos de Cuca e Alexandre Pato, o São Paulo acertou a contratação de mais um reforço para o segundo semestre: o meio-campista Tchê Tchê, de 26 anos, que estava Dínamo de Kiev, da Ucrânia.

O jogador assinou contrato com o clube nesta segunda-feira (1º de abril), válido pelas próximas quatro temporadas, e fará os exames médicos no início da semana antes de começar as atividades no Centro de Treinamento da Barra Funda.

A chegada do versátil atleta, que ganhou destaque no futebol brasileiro por Audax e Palmeiras, segue o planejamento da diretoria em reforçar a equipe são-paulina nas disputas da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.

CARREIRA

Danilo das Neves Pinheiro, o Tchê Tchê, nasceu em São Paulo e começou a carreira no Audax. Após passagens por Guaratinguetá, Ponte Preta e Boa Esporte, o meio-campista retornou ao futebol paulista e foi um dos destaques do estadual de 2016.

Sob o comando do técnico Fernando Diniz, Tchê Tchê fez parte da grande campanha do Audax no Campeonato Paulista e foi finalista da competição regional, sendo vice-campeão. Em alta, o jogador foi eleito revelação e melhor meia do torneio daquele ano, despertando o interesse do Palmeiras.

No arquirrival do Tricolor, o meio-campista manteve a regularidade e conquistou o Campeonato Brasileiro de 2016, sendo eleito o melhor volante no Prêmio Bola de Prata e Melhor volante no Prêmio Craque do Brasileirão – organizado pela CBF. Assíduo, disputou 37 das 38 rodadas.

Em 2018, após duas boas temporadas no time palmeirense, Tchê Tchê foi transferido para o Dínamo de Kiev, da Ucrânia. No Velho Continente, o jogador adquiriu mais experiência e disputou a Liga dos Campeões e a Liga Europa antes de acertar a chegada ao São Paulo.

TCHÊ TCHÊ

Nome completo: Danilo das Neves Pinheiro
Data de nascimento: 30/08/1992 (26 anos)
Local de nascimento: São Paulo-SP
Posição: meio-campista
Altura: 1m75
Peso: 64kg

Clubes: Audax (2011-2014), Guaratinguetá (2014), Ponte Preta (2015), Boa Esporte-MG (2015), Audax (2016), Palmeiras (2016-2019), Dínamo de Kiev-UCR (2018-2019) e São Paulo (desde 2019)

Títulos: Vice-campeonato paulista (2016), Campeonato Brasileiro (2016 e 2018) e Supercopa da Ucrânia (2018)

Premiações: Revelação do Campeonato Paulista (2016), Melhor meia do Campeonato Paulista (2016), Melhor volante no Prêmio Bola de Prata (2016) e Melhor Volante no Prêmio Craque do Brasileirão (2016)

Clique para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaque

Mais em Destaque

Cuca indica estreias de Pato, Vitor Bueno e Tchê Tchê contra o Botafogo

saopauloadmin23 de abril de 2019

Jogadores do São Paulo choram e quase negam medalhas

saopauloadmin21 de abril de 2019

Liziero avança em recuperação, enquanto São Paulo trabalha bola parada

saopauloadmin19 de abril de 2019

Luan, o indispensável!

saopauloadmin18 de abril de 2019

Pablo passará por procedimento cirúrgico

saopauloadmin17 de abril de 2019

Cuca acena com time mais experiente para decisão em Itaquera

saopauloadmin15 de abril de 2019

São Paulo x Corinthians: Cuca explica problema sentido por Antony no clássico

saopauloadmin15 de abril de 2019

Um ano após não receber boa tarde, Carille ganhará presente do São Paulo

saopauloadmin13 de abril de 2019

Leco despista sobre saída de Nenê: “Não temos projeto de liberação de nenhum jogador”

saopauloadmin11 de abril de 2019