Noticias

Tricolor bate a Ponte Preta e inicia Brasileirão 2013 com o pé-direito

1014_crop_galeria

 


O Tricolor começou o Campeonato Brasileiro 2013 com o pé-direito e como o técnico Ney Franco queria. Na tarde deste domingo (26), no Estádio Moisés Lucarelli, o São Paulo venceu a Ponte Preta por 2 a 0, com gols de Lúcio e Jadson, e somou os primeiros três pontos na competição nacional.

Durante a semana, no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, o treinador são-paulino afirmou que seria fundamental abrir a participação da equipe no Brasileirão com um triunfo. E com a bola rolando, em Campinas, os jogadores assimilaram as palavras do comandante e trataram de garantir a vitória.

No esquema tático 4-3-3, o Tricolor pôde contar com o retorno do atacante Osvaldo, recuperado de um trauma no quadril, e começou o jogo com Denis; Douglas, Lúcio, Edson Silva e Carleto; Denilson, Rodrigo Caio e Jadson; Silvinho, Luis Fabiano e Osvaldo.

TRICOLOR ABRE VANTAGEM

Mesmo atuando longe do Morumbi, o São Paulo pressionou os anfitriões e criou as melhores jogadas desde os primeiros lances do jogo. Com apenas 40 segundos, Carleto arriscou da entrada da área e levou perigo. Pela esquerda, o Tricolor criava as melhores jogadas e encurralava a equipe pontepretana.

Dessa forma, as redes logo balançaram no interior paulista. Aos 8 minutos, Lúcio aproveitou cobrança de escanteio, testou firme e abriu o placar no Moisés Lucarelli. Empurrado por sua torcida, o rival até investia contra a defesa são-paulina, mas parava nas mãos do goleiro Denis.

Com Silvinho bem aberto pela direita e Osvaldo pela esquerda, o São Paulo construía as melhores jogadas na partida e, assim, conseguiu ampliar a vantagem. Aos 42 minutos, o camisa 22 foi derrubado na grande área e o árbitro assinalou pênalti. Jadson converteu com categoria e anotou o segundo gol do jogo antes do intervalo.

EQUIPE SEGURA O RESULTADO

No segundo tempo, satisfeita com o resultado longe de seus domínios, a equipe são-paulina administrou a vantagem e soube conter os ataques da Ponte Preta. Em tarde inspirada, Denis praticou boas defesas e garantiu que o Tricolor não sofresse gols na cidade campineira.

Aos 13 minutos, Edson Silva recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso. Com apenas dez homens em campo, o São Paulo se fechou no campo defensivo e se segurou como pôde. Ainda assim, criou boas jogadas e, por pouco, não conquistou uma vitória mais elástica.

Nas bolas paradas, a equipe ainda criou boas oportunidades, mas as redes não balançaram novamente no Estádio Moisés Lucarelli e o duelo terminou 2 a 0. Na próxima rodada do Brasileirão, embalado pelo triunfo contra a Ponte Preta, o Tricolor receberá o Vasco no Morumbi, no dia 29.document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Noticias

Mais em Noticias

São Paulo inscreve 22 jogadores para o Paulistão; Oito Jogadores ficam fora da lista

saopauloadmin22 de janeiro de 2020

Novos uniformes do São Paulo? Veja!

saopauloadmin6 de janeiro de 2020

Vitor Bueno x Raniel: São Paulo acerta um bom reforço em definitivo

saopauloadmin11 de dezembro de 2019

Documento pede saída imediata de Leco, presidente do Conselho e diretores

saopauloadmin26 de novembro de 2019

É OBRIGAÇÃO DO SÃO PAULO IR A FIFA POR VAGA PARA O MUNDIAL 2021, NA CHINA!

saopauloadmin14 de novembro de 2019

Everton não deve operar joelho, mas pode voltar só em 2020 no São Paulo

saopauloadmin4 de outubro de 2019

Bruno Alves revela dica de Diniz contra Flamengo

saopauloadmin2 de outubro de 2019

Wagner Mancini se demite após não participar de escolha de novo treinador

saopauloadmin27 de setembro de 2019

Cuca pode poupar jogadores e acredita em São Paulo brigando pelo título

saopauloadmin11 de setembro de 2019